quarta-feira, maio 14, 2008

Volátil

Permaneço imóvel
Em silêncio profundo
Entre grandes monumentos;
Montanhas.

Firme lago me espalho
Com a solidez de um espelho d'agua.
A frente, fronte instável, mutante
Onde ventos se transformam...

Há tormentas à beira mar

Quebram-se as ondas
Inesgotáveis
--lua cheia--
Sentimentos passageiros.
Postar um comentário