sexta-feira, maio 18, 2007

Indo E Vindo (Paixão)

Sofro por ter de deixá-la ir
E sofro por ter de te ver partir
Faço sofrer seu sôfrego coração
Me perco nas incertezas insólitas de minha solidão
Morro um pouco, talvez metade
Mas, morro! Morro em vão
Não à mim, Não, ao meu avaro perdão
Perco em dizer que sim
Perco-te por ter de dizer não
Postar um comentário