domingo, outubro 31, 2010

O Verso do Oposto

Nossos gostos sempre opostos
Em nossos versos, 
nosso verbo sem credito
Nossa vida sempre um engano
Nossa mentira um erro humano

Por essas e outras

Em oposto ao reverso
escrevo esse verso
pra dizer que acabou,
como tinha de acabar
lançados ao ar perdidos no mar
nas chuvas onde tudo começou

Respira fundo toma banho, me arrumo
Aprumado estou.
Pronto para mais uma,
E para por fim a uma
História de amor.



Postar um comentário