domingo, fevereiro 25, 2007

ANTIGAS POESIAS

Bom, resolvi postar antigas poesias minhas que ainda não tinham entrado nesse blog. Elas são de 2001/2002, não sei ao certo mas, como gosto muito delas resolvi postalas.
abraços e boa leitura.


Na Velocidade Da Queda...

Uma fêmea no cio
Ele sai correndo
Trai o melhor amigo
Só pra transar

Um golpe direito
Uma facada no peito
Um tiro certeiro
Acabou de lhe acertar!

Muito ferido
Pela perda de um amigo
E muito sentido
A sua mulher há de abandonar

De cima de um prédio
Morrendo de tédio
Sem um remédio
A paisagem à de admirar

No rumo do asfalto
Desde muito alto
Num golpe travesso
Da janela acaba de se atirar

No caminho pra baixo
Pensado mais rápido
Perto do asfalto
Viu que por ela não valia se matar

O amor é cego
O ato foi burro
Em apenas um minuto
Viu que ainda tinha muitas mulheres pra amar...




Já Era Tempo

A morte é certa
A vida é uma reta
Que não sabemos onde vai dar

A vida é curta
Sempre na labuta
Nunca podemos aproveitar



Caminhando Pelo Rio

Um corpo estendido na areia
Uma pedra que cai
Um momento em que tudo se clareia
Uma vida que não quero mais

Um toco de madeira que queima
Uma fogueira sempre me atrai
Um menino que mora na rua
Uma injustiça! Acho q a vida vale mais

Postar um comentário